segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

The Psychedelic Furs “Pretty in Pink”

Os Psychedelic Furs surgiram no ano de 1977 em Londres na altura emergente da cena Punk.
O Vocalista Richard Butler, um dos principais fundadores da banda, deu aos Psychedelic Furs uma enorme reputação onde a sua voz emblemática foi a principal força que levou a banda a ser uma das mais importantes na década de 80 no movimento Pós-Punk e New Wave.
Musicas como “Love my Way”, Pretty in Pink”, “Heaven”, The Ghost in You”, “Heartbeat” e muitas outras que os tornou num dos pontos altos da década de 80.

A banda era formada por Richard Butler (vocalista), Tim Butler (baixo), Dunkan Kilburn (saxofone), Paul Wilson (bateria) e Roger Morris (guitarra). Em 79 entra um novo elemento na banda Vince Ely (ex-The Moors Murderers) que substitui Paul Wilson na bateria, passando este para a guitarra.

O 1º álbum da banda saiu em 80 com o próprio nome da banda “Psychedelic Furs” tendo alcançado um sucesso considerável na Europa.
Mas foi o 2º álbum “Talk Talk Talk” de 81 que os Furs viriam a ter maior impacto comercial. Os singles “Dumb Waiters” e “Pretty in Pink” foram músicas que permaneciam sólidas nas tabelas inglesas.
De seguida em 82 sai “Forever Now” onde “Love my Way” foi tirado como o 1º single do álbum.
Produziram mais 4 álbuns, ”Mirror Moves” de 84, “Midnight to Midnight” de 87, “Book of Days” de 89 e por fim “World Outside” de 91.

A banda termina no inicio dos anos 90, onde Richard Butler forma a banda Love Spit Love e em 2006 lança o seu 1º álbum a solo “Richard Butler” dedicado ao seu Pai, Dr. George Butler.

Em 2001 Butler volta a reunir os Psychedelic Furs para uma tournée mundial.

Fiquem com a nostálgica musica “Pretty in Pink” do álbum “Talk Talk Talk”.

8 comentários:

André Leão disse...

Excelente resumo do que foram os PF... Cheguei a vê-los no Coliseu, num grande concerto. E é engraçado como o Pretty in Pink ainda sobrevive nas nossas rádios (Radar, por exemplo)...

sofia disse...

Devo-lhes um pouco do que sou hoje musicalmente, foram uma das bandas que me encaminharam para o ouço actualmente e se tivesse de escolher uma música para os apresentar talvez também fosse a Pretty in Pink... que nostalgia. Pensar que os decidi ouvir unicamente devido ao seu peculiar nome... :)

roserouge disse...

O que tu foste buscar! O que eu ouvi este disco, tinha isto em vinyl! Pretty in Pink, isnt't she?!
E sim, passa de vez em quando na Radar, também oiço, há músicas que nunca morrem, ficam para sempre!

Spark disse...

André obrigado!! Pretty in Pink é uma das minhas músicas favoritas dos PF e sem dúvida uma música que continua a marcar posição na Radar.

Sofia, os PF são uma excelente influencia para qualquer pessoa. ;)

Rose, o álbum Talk, Talk, Talk foi o 1º álbum que conheci deles e a musica Pretty in Pink foi a musica que me marcou por isso a paixão por esta em geral. É um álbum que sem duvida recordo constantemente.
Mas alem deste, também acho os outros álbuns muito bons, é claro.

Luis Baptista disse...

Sem duvida, grande banda, nunca os vi ao vivo, mas já tive o prazer de ver Love Splt Love na House of Blues em New Orleans em 97, e deu para matar saudades pois foram tbem tocados alguns temas dos Furs e gostei do 1º e unico album de Richard de 2006, uma grande banda, voltoa a repeti-lo e uma grande influência para que goste de qualidade musical.

Azelpds disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Azelpds disse...

Outra bela recordação. Ainda no Sábado passei uma faixa deles numa das noites no BB. Tenho um certo fetiche pela 'High Wire Days', apesar de curtir várias músicas da banda. :)

Spark disse...

Alem de "Pretty in Pink", "Alice's House" e "Soap Commercial" são musicas que acho excelentes.
...é uma grande banda. ;)