quinta-feira, 11 de setembro de 2008

JukeBox (Discoteca Bar)

Como hoje conto com mais um ano do que ontem e a pensar nas saudades que tinha da minha adolescência, resolvi marcar este dia com um local onde passei uns excelentes momentos no inicio dos anos 90 até ao inicio de 2000.

Iniciou-se no Bairro Alto, passando depois para uma rua escondida de Lisboa, mais especificamente na Rua da Fé. O sítio é uma associação, que não me recordo bem do quê, e que foi transformado para um ambiente musical mais alternativo.
Abria durante a tarde para uma matiné, com uma sonoridade mais alternativa onde passava grandes nomes como PJ Harvey, Pixies, Sonic Youth, Joy Division, Morphine, Janes Addiction. Além da onda alternativa, o rock industrial como os The Young Gods, Ministry, Lard, Einsturzende Neubauten, NIN, Alien Sex Fiend e o punk/rockabilly com Dead Kennedys, The Clash, Ramones, The Cramps, e etc. Isto durante a tarde, porque durante a noite era mais dedicado ao ambiente gótico - Systers of Mercy, Bauhaus, Siouxsie & The Banshees, Ikon, Christian Death, Fields of Nephilin, The Cure e etc…

Devido ao barulho que incomodava os vizinhos mais próximos, foi dado ordem para fechar portas durante a noite, passando existir só as matines.
Basicamente perdeu algum valor e onde o pessoal da velha guarda também foi deixando de comparecer com mais frequência.
O mestre que dava boa música ao pessoal era o DJ Mário Rui, que deixo um abraço.

Bons velhos tempos que difícil volta atrás.
Quem quiser fazer uma visita, aqui fica a morada: Rua da Fé, Nº 46 – Lisboa. Na altura o horário era das 16 às 19.

Não digo que a música seja do mesmo estilo do que referi, porque da última vez que lá fui já a música entrava por caminhos mais actuais.

Fica as Saudades e esperar que alguém tenha a feliz ideia de abrir um espaço musical do mesmo estilo em Lx. Tirando o Incógnito, não encontro mais nada porreiro para passar um bom serão musical. É um bom espaço de música que faz falta em Lx.

9 comentários:

André Faria disse...

eheh, belas matinés e noites que passei na velhinha juke do Bairro.

Já agora uma correcção. Entre o BA e a Rua da Fé, a Juke andou pelo Grandela, Benfica. Para ai durante uns 3 meses...

Spark disse...

Não tinha a minima idéia. Onde passei a maior parte do tempo foi mesmo já na Rua da Fé, mas ainda fui algumas vezes á juke quando era no Bairro. Conheci a Juke já um pouco tarde em relação a ti.
Mas ainda tive sorte de apanhar uma boa fase da Juke.

Azelpds disse...

A Juke ainda existe sim (reabre neste sábado dia 20 pós férias), costumo ir lá por vezes, sendo que sempre gostei de ir lá precisamente à tarde devido ao som ser mais variado, apesar de também ter ido lá umas boas noites.

O tipo de som mantém-se mais ou menos na mesma, com algumas coisas actuais pelo meio claro, e ainda é o Mário Rui que mete lá som.

O que falas de Lisboa é bem verdade, especialmente sítios onde possas dar uns passitos de dança. O incógnito acaba por ser pequeno, e quase impossível de te mexeres a partir das 2h pra aí, além de que a música tem que se lhe diga actualmente. Já não vou lá há algum tempo, mas as noites do Rai, que é quem toma conta do espaço, e as do Planeta Pop, continuam a ser das mais inspiradas. :)

No Bairro sou suspeito mas continuo a adorar o ambiente do Bar do Bairro, se bem que em termos de som depende depois consoante os gostos e noites, havendo as mais rock, a outras mais focadas naquilo a que chamo de pseudo indie.

Pessoalmente, sempre adorei a Juke e aprendi muito com ela a nível de música, sendo que a minha filosofia a meter som pode-se dizer que é uma evolução pessoal do que senti e aprendi por lá. :)

Parabéns atrasados então, um dia antes dos meus. :p

Spark disse...

Azelpds, também já tinha verificado que fazias anos, por isso também os meus Parabéns atrasados.
Enquanto á Juke, também foi dos sítios onde ganhei novas influências musicais e aprendi a evoluí-las. Posso agradecer ao Mário uma parte disso.
È bom saber que a juke ainda respira, e ainda bem. Espero lá ir em breve, para ver o ambiente. Já tenho umas certas saudades. :)
Enquanto ao Incógnito, tens razão, aquilo torna-se irrespirável a umas certas horas e não nos podemos mexer.
Mas como tinha visto que metias música em alguns bares do Bairro que não tenho ideia de já lá ter ido, vou pesquisar isso já este fim-de-semana para ganhar outras alternativas.
Era um frequentador passivo do bairro Alto ao fim-de-semana, agora é que já não lá vou com tanta frequência, e por vezes escapa sempre alguma coisa. E nada melhor que a publicidade para chegarmos a esses sítios.
Um abraço.

Azelpds disse...

thx. :p

O Bairro também não posso dizer que seja assim grande frequentador dele nos tempos que correm, indo mais lá para meter música e falar com alguém numa onda de convívio breve. De resto gosto quase sempre de me manter num sítio lá e já não tenho nenhuma paciência para aquela onda de percorrermos as capelinhas todas do bairro com copo na mão. :p

Infelizmente não tens grandes opções que tenham pista para dançar, mas por vezes ter um ambiente porreiro vale mais. Ainda hoje falam-me de sítios no bairro, e nomes, que não faço ideia onde sejam e quais são. Acho que tenho de perder uns fds também para investigar melhor as ruas. ;)

Abraço tb. ^_^

cvr disse...

Ui, nostalgia. Grande sitio e grande atmosfera que se criava lá. Infelizmente assisti ao encerramento das sessões nocturnas da Juke.

Abraço

JOY disse...

Boas Pessoal,

Grandes tardes e grandes noites que passei na Jukebox no bairro alto, era sem dúvida um sitio diferente, com boa música á conta do Mário Rui. Passei por aqui sem querer e deide caras com um blog que me tráz excelentes recordações.
Que saudades!!!

Um abraço aqueles com quem me cruzei de certeza numa das tardes ou das noites desse lugar que primava pela diferença.

Anónimo disse...

Ola Guys
O meu nome e David Lee agora, mudei de nome some anos atraz,
dantes chamava-me Luis Garces...
Eu e o Mario Rui faziamos concertoe e metiamos musica ai no RRV, O mario Rui trabalhava na Dansa do som.
Nos metiamos musica na Jukebox tambe...m...

Agora vivo em Londres a 20 anos e gostava de contactar o Mario Rui, alguem sabe onde o posso encontrar? email address?

David Lee mail@natashadavid.co.ukSee more
A few seconds ago · LikeUnlike.

Galaxy 5000 disse...

Lindo!