quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Einstürzende Neubauten “Halber Mensch”

“Halber Mensch” ou “½ Mensch” foi o 4º álbum dos Einsturzende Neubauten. Foi para mim um dos melhores álbuns dos Einsturzende e também foi álbum onde começaram a desenvolver o seu som mais electrónico e o estruturaram mais a nível musical, um som mais claro.
Foram uma das bandas que conseguiram e bem uma revolução conceptual da música.

Como os anteriores, ainda continua os sons metálicos e industriais.
Blixa declarou que nenhuma das letras do disco foi escrita em estado de lucidez. “Z.N.S.” (Zentrales Nervensystem), Blixa descreve desesperado de uma “Bad Trip”.
“Yu-Gung (Fütter mein ego)” talvez a musica da banda onde incorpora elementos mais de dança.

Uma banda que ainda me continua a agradar pelo seu brilhantismo.
Este não fica para mim de certeza só como melhor álbum dos Einsturzende. “Tabula Rasa” e “Silence is Sexy” são também álbuns excelentes.

“Halber Mensh” 1985 (Some Bizzare Records)

Fiquem com “Yu-Gung” ao vivo e com o alucinado "Z.N.S.".

"Yu-Gung"

video

"Z.N.S."

video

8 comentários:

roserouge disse...

Fixe, o teu blog. Já vi Einstürzende Neubauten ao vivo, mas não me lembro quando nem onde...

roserouge disse...

Pois, tenho estado aqui a pensar onde é que os vi, mas continuo sem me lembrar. É provável que tenha sido no Rock Rendez-Vous, vi lá bandas absolutamente fantásticas. Mas os E.N. estiveram cá há pouco tempo, acho que na Aula Magna.

Spark disse...

Thx. :)

O incrível que pareça é que gosto imenso destes tipos e ainda não os consegui ver. :(
Mas espero não perder a próxima oportunidade, já que dizem que eles ao vivo são excelentes. Já deves ter confirmado isso.

;)

Spark disse...

Exacto.

Foi esse na Aula Magna que gostava de ter ido e acho que foi mto bom. Fica para a próxima.

André Leão disse...

O concerto de que falam deve ter sido o 1º que cá deram, na Voz do Operário. Foi simplesmente demolidor.

E este é também o meu álbum preferido. O Yung Gu é um clássico e tinha tempo de antena permanente na velhinha Juke Box do Bairro Alto...

Spark disse...

André tens razão, era uma música com passagem quase obrigatória na Juke.

Enquanto ao concertos deles na Voz Operário, não cheguei a ter conhecimento, mas acredito que tenha sido bombástico. Acho que têm sido todos. :)

Luis Baptista disse...

Sem duvida grande disco, não os vi na Voz do Operario, pois ao RRV, nunca vieram, mas vi-os no concerto comemorativo dos 25 anos no CCB, 2,30H de concerto, só o encore foi uma hora.

Spark disse...

Luís, com tantos elogios que fazem destes Srs. ao vivo, para a próxima não irei perder de certeza um concerto dos Einstürzende. ;)

Abraço.