segunda-feira, 21 de setembro de 2009

The Raveonettes “In and Out of Control”

“In and Out of Control” marca o regresso de mais um magnífico álbum do duo dinamarquês The Raveonettes.
Sharin Foo & Sune Rose Wagner, continuam abraçar a distorção aveludada das guitarras e em melodias simples inspiradas nos The Jesus & Mary Chains ou nos The Velvet Underground.
Depois do último registo “Lust, Lust, Lust” de 2007 ter sido muito bem recebido, a criatividade da dupla continua mantida, oferecendo-nos excelentes momentos de música e aquém de desiludir.

Assim “In and Out of Control” destaca-se pela mudança mais pop e onde nos oferece um clima muito agradável, simpático e diversificado.

O guitarrista Sune R. Wagner explica:

"Nós passamos dois anos preparando as canções do nosso disco anterior, Lust Lust Lust, que foi gravado no meu apartamento em Nova York, e que é sem dúvida o nosso álbum mais sombrio. Como detestamos repetir-nos, montámos algo mais positivo em In And Out Of Control".

Verdadeiras pepitas de pop, onde canções como “Bang!”, Gone Forever”, Last Dance” (que não vai passar por despercebida), “Oh, I Buried You Today”, a excepcional “Suicide” e a surpreendente “D.R.U.G.S.”, retracta o talento da dupla e a oportunidade de brilharem novamente.

Disponível no dia 6 de Outubro e produzido pelo dinamarquês Thomas Troelson, será para mim uma aposta muito congruente para este ano. Altamente recomendável.

Tracklist

1. Bang!
2. Gone Forever
3. Last Dance
4. Boys Who Rape (Should Be Destroyed)
5. Heart Of Stone
6. Oh, I Buried You Today
7. Suicide
8. D.R.U.G.S.
9. Breaking Into Cars
10. Break Up Girls!
11. Wine

The Raveonettes “In and Out of Control” (Vice/Fierce Panda) – 8/10

Fiquem com o primeiro video "Last Dance"

8 comentários:

paletadesonhos disse...

uma musica doce para inicio de semana ... feminina e suave, "fora ou dentro do controlo"

joaninha versus escaravelho disse...

hmmmm... a mim parece-me assim uma cena do tipo lálálálá...lálálálá... :)

Ritinha disse...

Por acaso, cabaei mesmo agora de ouvir o disco e até gostei. (Coisa rara à primeira audição...)

Spark disse...

:)

Pois também gostei logo à primeira.

Clara disse...

Interessante este som! Não conhecia, mas aguçaste a minha curiosidade.

Beijinhos

Sirigaita disse...

muito bom spark!!obriga pela partilha..adorei ;)

bj bj

Spark disse...

;)

Fábio Bridges disse...

Muito fraco esse disco...