segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Tomahawk “Anonymous”

É para mim, um dos melhores projectos de Mike Patton (Mr. Bungle, Faith No More, Fantomas), em conjunto com Duane Denison (ex- Jesus Lizard) e John Stanier (ex- Helmet). O baixista Kevin Rutmanis (ex-Melvins), por razões desconhecidas ficou de fora neste disco.
Anonymous” é o 3º álbum dos Tomahawk, fugindo ao que tinham feito nos discos anteriores, explorando um novo conceito na sua música. É inteiramente dedicado à cultura nativa americana, onde vão procurar músicas ancestrais criadas pelos povos indígenas da América do norte.
Para muitos os Tomahawk, era uma das bandas de Mike Patton mais acessível ao rock, afastando-se um pouco do conceito da música experimental. Com “Anonymous” assistimos ao regresso em força do experimentalismo. Gostei imenso do conceito e considero o álbum extremamente criativo e surpreendente.

"War Song" abre o álbum, dando a percepção de uma introdução à dança da chuva, seguindo para "Mescal Rite I" e oferecendo-nos uma sonoridade mais intensa, sugerindo ambientes de combate, na figura do guerreiro.
"Ghost Song" caminha por climas mais tranquilos presenteando-nos com um rufar de tambores. A celebração tribal continua com outros sons a destacar como “Red Fox”, “Antelope Ceremony”, o frenético “Song of Victory”, a brilhante “Sun Dance”, “Totem”, “Crow Dance” e o momento para reflexão com “Mescal Rite II” e “Long, Long Weary Day”.

Por fim felicita-se a genialidade de Mike Patton e Lda pela notável prestação conseguida com “Anonymous”.

Tomahawk “Anonymous” (Ipecac Recordings_2007)

“Mescal Rite I” é a música escolhida por mim para destaque deste álbum.

7 comentários:

paletadesonhos disse...

Hum ... é uma arte , Mike Patton ... em si , na sua prestação musical , na encenação artística ...
interessante este trabalho , mais um que me delicia ouvir.

kameramaninblack disse...

gosto muito deste trabalho de mike patton, embora prefira os trabalhos feitos nos fantômas, mr bungle & maldoror.

Anónimo disse...

belo post!

LN disse...

Um dos meus 10 favoritos em 2007. ;)

Victor Afonso disse...

Grande banda, grande disco, GRANDE Patton (que tive a oportundiade de conhecer pessoalmente em Maio de 2005, num concerto dos Fantômas na Aula Magna)!

Spark disse...

A voz poderosíssima de Mike Patton destaca-se imenso neste álbum. Acho “Anonymous” mto interessante, talvez por ser um trabalho diferente e principalmente pelo seu conteúdo musical.
Fantômas e Mr. Bungle são outros dois grandes projectos de Patton, sem dúvida.

Grande sortudo Victor! Acredito que tenha valido bem a pena. :)

Um abraço a todos!

Victor Afonso disse...

Sim, estive uns 20 minutos à conversa com ele (e mais outras pessoas) no backstage após o concerto. O que posso dizer é que é uma pessoa extremamente afável, conversadora e nada presunçosa. Renega isso de "estrela rock". Ainda troquei uns mails com Patton após esse encontro, mas há uns anos que deixei de ter notícias dele... ;)

Mr. Bungle, Fantômas e Tomahawk são, por esta ordem, os projectos que mais gosto de Mike Patton. Para não falar das dezenas de colaborações com outros músicos!...