segunda-feira, 28 de junho de 2010

Squirrel Nut Zippers “Hot”

Ouvir os norte-americanos Squirrel Nut Zippers, dá por vezes sensação que estou a entrar num filme de cinema mudo, da época de Chaplin ou de Keaton.
“Hot” é o segundo e na minha opinião o melhor álbum da banda, com a sonoridade do swing revival ou do jazz dos anos 20 ou 30. Um conjunto de temas simplesmente brilhantes, nada parece faltar para que este disco seja realmente muito bom. Além de todo o profissionalismo da banda, a voz de Katharine Whalen (vocalista e Banjo), é totalmente envolvente e Jim Mathus (voz, guitarra e trombone) ajuda a complementar para que tudo fique perfeito. Uns seguidores assíduos do neo swing, que pouco mais sucesso conseguiram alcançar depois de “Hot”.
Foi graças ao primeiro single - “Hell” - que a banda conquistou a atenção do público. O tema não passa por despercebido, alcançando um considerável sucesso – enérgico, intenso e teatral. Outra pérola do disco é o segundo single - “Put a Lid on It” - bem-humorado e viciante.

Um álbum animado e interessante, que recomendo.

Curiosidade: O nome Squirrel Nut Zippers, surgiu de uma tablete de caramelo e amendoim, muito famosa nos anos 20 e que ainda se encontra à venda.

Squirrel Nut Zippers “Hot” (Fontana Mammoth_1996)

Recordo “Put a Lid on It”. Muito bom!

2 comentários:

Manuela Coelho disse...

Muito giro!:)

elsafer disse...

uma época que merece reviver ... embalar no swing
:)