sexta-feira, 9 de julho de 2010

Charlie Chaplin “The Circus”

Na primeira Gala dos Óscares da Academia, Charles Chaplin foi homenageado com uma estatueta especial por "versatilidade e génio demonstrados no argumento, representação, realização e produção de "The Circus". E evidentemente, por ter trazido o som do riso a milhares de salas de cinema por todo o mundo.
Quando o encontramos pela primeira vez nesta excelente comédia, Chaplin está novamente embrenhado nos seus habituais apuros: está falido e esfomeado, destinado a apaixonar-se e com igual certeza, fadado a perder o alvo do seu amor. Confundido com um carteirista e perseguido por um polícia para dentro de um circo, Chaplin acaba por se tornar uma estrela de Circo, quando os espectadores pensam que a hilariante perseguição é mais uma parte do espectáculo. Alguns dos momentos inesquecíveis deste clássico do riso, incluei uma cena numa casa de espelhos, a forma como o Vagabundo destrói completamente um espectáculo de magia e a sua espectacular performance na corda bamba com macacos pendurados na sua cabeça. Comédia pura... e sem rede!


Fonte: DVD.PT

Realizado em 1928 pelo próprio Chaplin, deixo-vos com esta brilhante longa-metragem.


3 comentários:

Manuela Coelho disse...

Uma delícia este filme! Ainda não tinha visto. Este homem era um génio, estava muito à frente no tempo.

Bj

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

É brilhante. Tenho este filme numa excelente cópia em DVD.

Rui Caldeira disse...

Pa . . para mim, um gajo que come a sua própria bota merece qualquer coisa , não sei se será um Oscar, mas que merece, lá isso merece , principalmente a seco, sem Ketchup - desculpa Cristiano - nem mostarda.

1 Abraço