segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Arcade Fire “The Suburbs”

Após o épico álbum de estreia de 2004 – “The Funeral” – levando os Arcade Fire alcançar grande popularidade e recebendo da critica inúmeros elogios um pouco por todo mundo. A banda canadiana consegue assim chegar a um patamar na musica indie bastante invejável. Com “Neon Bible” (2007) continuam a somar pontos, mesmo achando que foi um disco um pouco medíocre. “The Suburbs” veio verificar-se porque é que os Arcade Fire são actualmente das bandas mais criativas e sensacionais da actualidade.
Na minha opinião, “The Suburbs” é um álbum repleto de grandes canções, talvez o mais inovador dos registos anteriores. “Uma mistura entre Depeche Mode e Neil Young”, é assim que William Butler descreve o novo álbum.
Mais de uma hora de duração e 16 canções, o disco concentra-se numa nova textura, com novos instrumentos e influências.
Vale bastante a pena verificar os temas mais irrequietos de “Ready to Start”, “Empty Room” e “Month of May” ou os momentos mais ternurentos de “Modern Man”, “Rococo”, “Suburban War” e “Half Light II (No Celebration)”. Uma autêntica maravilha!

Tracklist:

1. The Suburbs
2. Ready to Start
3. Modern Man
4. Rococo
5. Empty Room
6. City With no Children
7. Half Light I
8. Half Light II (No Celebration)
9. Suburban War
10. Month of May
11. Wasted Hours
12. Deep Blue
13. We Used to Wait
14. Sprawl (Flatland)
15. Sprawl II (Mountains Beyond Mountains)
16. The Suburbs (continued)

Arcade Fire “The Suburbs” (Merge Records/Mercury Records) – 9/10

"Ready to Start"
é o 1º vídeo.

2 comentários:

elsafer disse...

projecto musical interessante , indeed

liliana_lourenco disse...

Também gostei deste.

Só tenho um álbum deles, o 'Funeral' e gosto bastante. **