domingo, 15 de março de 2009

Desejo


"Porque amo infinitamente o finito, porque desejo impossivelmente o possível, pq quero tudo , ou um pouco mais , se puder ser, ou até se não puder ser ... "

Fernando Pessoa

12 comentários:

Christi... disse...

A fonte dos desejos dentro do coração insaciável de Fernando Pessoa, não poderia deixar de ser citado. Muito bacana

Fotografia linda, condiz com as palavras.

Belo domingo pra ti

Chris

Spark disse...

Igualmente e mto obrigado.

Bjo ;)

roserouge disse...

Bonita, a tua postagem. A foto é linda e o nosso Fernando Pessoa fica bem em qualquer lado! Bem-vindo às Tertúlias. É assim, todos os dias 15 de cada mês. bj

Claire disse...

;-)

Georgia disse...

Muito bom. Linda imagem.

António Oliveira disse...

Pessoa é mesmo um poeta de excepção.
Bom post.

Valdeir disse...

Esse poema de Pessoa mostra que o desejo é justamente linha tênue entre o idealizado e o palpável.

Abraços.

Compondo o olhar ... disse...

maravilhoso ... só podia ser de fernando pessoa!! parabens e bela participação desta blogagem coletiva!!!!


abraços

adriana disse...

ADOREI o (teu) desejo.

...porque quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser, ou até se não puder ser.

Beijos Nuno,
(quero ver mais fotos tuas por aqui;)

roserouge disse...

Ena! Gostaste da tertúlia? Mês que vem há mais! Todos os meses, ao dia 15...

Spark disse...

;)

Rose, alem do mais obrigado pelo convite e gostei bastante de ter participado na tertúlia...

BJ

Alice Salles disse...

E estamos todos juntos querendo porque o desejo é o que há de mais humano! LINDA POSTAGEM!